quarta-feira, 30 de abril de 2008

The Walkmen - Novo disco em Agosto


É já a 19 de Agosto que sai o novo álbum dos "the walkmen", ainda sem nome. Quem tiver muitas saudades deles pode recordar aqui o video "lousiana" ou irem à página da banda no myspace e deliciar-se com "lemon hill", um fabuloso tema instrumental.

terça-feira, 29 de abril de 2008

Stereolab - Chemical Chords


O sítio da "Pitchfork" avança com um tema novo: "three women" (é possível fazer download para audição) do novo registo "chemical chords". E por falar em "chemical chords", acrescentam ainda que: "soam a Stereolab" (ou lá o que isso possa significar, porque conhecendo-os como os conheço, tenho dificuldade em imaginá-los a soarem a outra coisa). O álbum sai a 18 de Agosto. Que tal recordar "Wow And Flutter" (Mars Audiac Quintet - 1994)?

segunda-feira, 28 de abril de 2008

The Futureheads - Radio heart (single)


"Radio heart", Segundo tema do 4º álbum a sair (Maio) dos "The Futureheads"-"This Is Not The World", apresenta-se como uma excelente retoma àquilo que eles tão bem sabem fazer: temas eficazes para cantarolarmos enquanto ouvimos e batemos o pezinho. "Mais do mesmo"?, "O mesmo com mais"?, "O mesmo do mesmo"?. Ouçam e deixem-se levar.
The Futureheads - Radio Heart

domingo, 27 de abril de 2008

Ladyhawk - Shots


"Ladyhawk" (mais uma banda do meridiano canadiano) lançou no mês passado o sucessor "Ladyhawk" (2006) e é uma contínua descarga eléctrica "roqueira". Vejam (e não se assustem com o "abano de cabeça" do guitarrista) o tema - "I Don't Always Know What You're Saying" LIVE, que abre "shots".

sexta-feira, 25 de abril de 2008

The Brian Jonestown Massacre - My Bloody Underground


"The Brian Jonestown Massacre" regressa após 4 anos com "My Bloody Underground". O disco foi gravado entre terras islandesas e inglesas. De seguida, "just like kicking jesus", primeiro avanço do álbum. Já está disponível e só é aconselhavel a adultos.

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Made in Portugal


Motivado pela “abertura” do “myspace – Portugal”, sou confrontado com velhos fantasmas que assombram a minha existência. Ao aceder ao “myspace” sou recambiado automaticamente para a página portuguesa. Não tenho nada contra. Ou melhor, não teria nada contra, caso não fosse a particularidade de as sugestões serem maioritariamente de bandas portuguesas. Ainda assim, não teria nada contra, se não fosse pelo facto de não conseguir aceder ao que eu vou chamar “myspace internacional”.
Ou seja, o que me transtorna seriamente, é o facto de eu me ver restringido apenas ao acesso a este “sítio”, que divulga a música portuguesa com tamanha graciosidade. Não tenho nenhum problema com a música portuguesa, mas tenho problemas quando me vedam o acesso a outro tipo de género musical. Seja ele qual for ou de que origem for. E aqui cabe de facto toda a diversidade pela qual o mundo da música é composto e o qual é tão rico.
Provavelmente é o meu acesso à Internet, através do meu computador, que me limita. Provavelmente. Mas que é frustrante é. Porque sinceramente não me identifico com a música portuguesa, salvo “Balla”, “Micro áudio waves”, “Dead Combo”, “wraygunn”, “legendary tiger man” entre outros, mais ou menos próximos destes géneros. Não porque ela não tenha qualidade, nem porque não haja bandas que pratiquem o “meu estilo”, nem nada que se pareça. Não. É uma questão de química. Existe um maior envolvimento/entendimento entre mim e bandas que, por acaso, não são de Portugal. São elas que me transportam e provocam sensações e com as quais me identifico. Tão simples quanto isso. Identificação.
Não condeno ninguém por gostarem de música portuguesa, nem de outro sítio qualquer nem condeno ninguém pelo seu gosto. Agora não me condenem por me identificar/gostar da música que desejo ouvir. Não me vetam o acesso à informação.
Desde muito novo, tenra idade ainda, que gosto e ouço muito música (ou não acatasse o desígnio de “Music is my radar”). Também desde muito novo que ouço a queixa impiedosa de que “não se ouve música portuguesa em Portugal”, eis então aqui o velho fantasma que me acompanha. Será por causa disto que foi criado o “myspace Portugal”? Para dar voz a esta velha e falsa questão?
Não posso aceitar, porque sempre se ouviu música portuguesa. Senão vejamos: por causa de um meu vizinho mais velho do que eu, ouvia “Táxi”, “GNR”, “Heróis do Mar” entre outros. Mais tarde, eu ouvia na rádio, na televisão, ou em concertos: “Rádio Macau”, “Xutos e Pontapés”, “Peste e Siga” entre outros. A seguir, “Diva”, “Madredeus”, “LX 90”, “Mão Morta”, entre outros. Depois vieram os “Belle Chase Hotel”, “Ornatos violeta”, “Clã”, “Silence 4”, “The Gift”, entre outros. E por aí fora. Até aos dias de hoje.
Com isto o que eu quero dizer é que sempre houve e se ouviu música portuguesa na rádio, na televisão (até existiu um programa especifico de musica portuguesa – “Made in Portugal”, que a dada altura quase só passava música brasileira…). Portanto onde está o problema?
Se não há consumo interno de música portuguesa em termos de compra efectiva dos seus discos, isso já outra história. Não deve ser por falta de divulgação. Ou se é, então os mecanismos ou canais de divulgação não estão a ser os melhores.
Posto isto, não posso crer nem aceitar que só havendo a divulgação de musica portuguesa barrando o acesso à demais é que ela singra. Se tal for o facto então temos um problema. E ele não é de quem o ouve mas de quem a divulga/vende e de quem a faz.
Porque, quanto a mim, sempre tive a sensação de que existe um hiato entre aquilo que se ouve e se produz lá fora e aquilo que é produto nacional. Mas aqui a culpa não é com certeza do ouvinte. E para ilustrar este caso, um exemplo: “Rita Redshoes” tem disponível no “myspace” temas há sensivelmente um ano. Somente há 6 meses (aproximadamente) é que começou a passar na rádio insistentemente (porque já passava havia mais tempo). E somente este ano (em Março – há um mês portanto), é que chegou às lojas. Parece evidente que neste processo há algo que falha. E não é culpa do ouvinte com certeza. Pois eu não tenho culpa nenhuma que passados um ano desde a primeira vez que ouvi e gostei da música é que está disponível para a venda, e que infelizmente nesta altura “já estou noutra” porque entretanto conheci coisas que me estimulam mais musicalmente.
Mas isto acontece não é porque ela é portuguesa. Por quantas bandas internacionais não perdi o interesse por razões idênticas! Exemplo: “sons and daughters”.
Portanto não culpem os ouvintes pela forma como é gerida a música portuguesa – e todo o cenário musical – pois só chega a Portugal por importação, grande parte da música que se produz lá fora, e mesmo assim, muitas vez só através da “Amazon”. Se tendencialmente o “aportuguesamento” dos instrumentos faz com que restrinja o acesso à música internacional, nem quero imaginar uma “Amazon Portugal” com barreiras ao resto do mundo. Nem quero pensar! Sim, porque desde que há a “MTV Portugal”, por exemplo, deixei de ter interesse em ouvir/ver música naquele canal. Pelas razões apontadas aqui e por outras que não cabem neste “post”, e não nada tem a ver com a música.
O que eu desejo é continuar a ter livremente acesso a toda a música. E quando falo em “toda” é toda no sentido global do nosso planeta. Somente isso.

Spiritualized - Songs in A&E



Os "spiritualized" regressam este ano às edições discograficas, e podemos ouvi-los já em Maio. O tema "soul on fire", tem sido o tema de apresentação de "Songs in A&E", que deixo aqui para ouvir em versão audio.

quarta-feira, 23 de abril de 2008

Spoon - Don't You Evah EP



"Don't You Evah EP" é um "epêzinho" de 36 minutos, que se segue ao muito apreciado por estas bandas " Ga Ga Ga Ga Ga", do ano transacto. Este registo tem um novo tema "All I Got Is Me" e remixes do tema principal de "Diplo", "Matthew Dear", "DJ Amaze", "Ted Leo", e Doc Delay"! O EP saíu a 8 de Abril. Deixo aqui o tema "Don't You Evah" tocado ao vivo no SXSW (Austin 2008).

terça-feira, 22 de abril de 2008

Hollywood porn stars - Actarus

Banda indie/rock da Bélgica. Deixo aqui "Actarus" do álbum "Satellites" (2007).
Actarus

quinta-feira, 17 de abril de 2008

Mystery jets - Two doors down (single)

Deixo aqui o novo single dos "Mystery Jets": Two doors down" do album ainda fresquinho "twenty one" (Maròo 2008).

quarta-feira, 16 de abril de 2008

Sleepercar - west texas



"Sleepercar" é o novo projecto de "Jim Ward" ("At the drive in";"Sparta"), que apresenta "West texas" a 22 de Abril. o álbum está disponivel no "myspace" da banda para audição. A tradicional combinação "indie/rock/folk" não desilude, antes pelo contrário, deliciam porque são directos, despidos de apetrechos e de certa forma apresentam uma candura desarmante. Ao ouvi-los, só me lembro de paisagens áridas e secas (Texas), já de noite e um céu pejado de estrelas sobre mim. Perfeito para viajar de carro. Deixo aqui "a broken promise", ao vivo.
Jim Ward @ Rubber Gloves

terça-feira, 15 de abril de 2008

The Black Angels - Directions To See A Ghost



"Directions To See A Ghost" vai ser editado a 13 de Maio (Amazon) e sucede a Passover (grande, grande álbum)de 2006. Deixo aqui "snake in the grass", tocado ao vivo.

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Does it offend you, yeah? - You Have No Idea What You're Getting Into


Deixo aqui "we are rock stars", tema integrado no "You Have No Idea What You're Getting Into" dos "Does it offend you, yeah?" (já disponível). Para consumir antes que o sabor se lhe acabe. Mas sabe muito bem!!!

domingo, 13 de abril de 2008

Wolf Parade - álbum novo em junho


Que grande notícia: os “Wolf Parade” lançarão em Junho o seu novo álbum, segundo o sítio da "pitchfork" 11.4.2008. Deixo aqui um novo tema, ao vivo, em “wolfe Island festival” (apresentando um conjunto de músicas novas, sem adiantarem qual o seu nome!!!).

sábado, 12 de abril de 2008

Martina Topley-bird - the Blue God


in independiente
Deixo aqui "carnies", que marcou o regresso de "Martina Topley-Bird", em 2008 (março) às edições discográficas. Já tem um single novo a sair brevemente: "Poison" (maio). o álbum "the Blue God" é lançado a 14 de Maio (Amazon). Confesso que estou entusiasmado com este regresso.

sexta-feira, 11 de abril de 2008

Blood red shoes - box secrets



"Say something, say anything" é o novo single a sair de "box secrets" (14 de Abril), o tão esperado álbum de estreia deste "dynamic duo". Sinceramente espero que este não entre na lista das minhas desilusões deste ano, e que já são uns quantos, de tal forma que assim de repente lembro-me dos "the teenagers", dos "los campesinos!", dos "sons and daughters", e até mesmo os "Neon Neon". Bem a ver! Enquanto isso, todos os singles têm sido acolhidos por mim com muito, muito entusiasmo.

quinta-feira, 10 de abril de 2008

Rings - Black habit



“Rings”, conhecidas anteriormente como “First Nation”, são um trio Nova-iorquino. As três meninas são: Kate Rosko (teclados), Nina Mehta (guitarrista), and Abby Portner (baterista, e como particularidade, irmã de Dave - aka Animal Collective's Avey Tare). “Black Habit”, produzido por “Kristin Anna Valtys Dóttir” (Múm) e pelas próprias, marca o início de um novo trajecto, mas com um som muito próximo do anterior: Indie-pop/psycadelica/neo-tribal, próximas de umas “Raincoats” ou de umas “Slits”, fabricam um som marcadamente minimal, arrepiante e muito próximo do assustador. “Mom song”; “Is he handsome” e “you remind me” são óptimas bandas sonoras de histórias sombrias e fantasmagóricas. Embora não seja brilhante, é uma proposta suficientemente interessante para “desenjoar” as mais recentes propostas musicais, que nos chegaram este ano. Deixo aqui “is he handsome” com imagens ao vivo no “Studio B”, Brooklyn.

quarta-feira, 9 de abril de 2008

dEUS: "vantage point"



Deixo aqui "The Architect" tema do novo registo de originais dos Belgas dEUS: "vantage point". Sai a 21 de Abril, segundo o myspace da banda.
dEUS The Architect

terça-feira, 8 de abril de 2008

Cut copy - in ghost colours



"lights and music" é "postado" aqui. O álbum "in ghost clours" sai hoje (amazon). Não sendo brilhante (se compararmos com "hot chip" ou "lcd sound system"), é contudo um revigorante assalto musical e encerra em si um conjunto de canções bem estruturadas, estimulantes, honestas e com muito,muito ritmo.

segunda-feira, 7 de abril de 2008

Death cab for cutie - Narrow stairs


Deixo aqui o novo tema (audio) dos "Death cab for cutie" - "i will possess your heart", do seu mais recente álbum "Narrow stairs". Sai a 13 de Maio. Magnifica introdução...

domingo, 6 de abril de 2008

Vicent Vicent and the Villains - Gospel Bombs



Banda londrina com muita boa disposição e um ritmo fabuloso. Aqui fica "on my own", do álbum de estreia "Gospel Bombs".
"On My Own" Video

sábado, 5 de abril de 2008

Cajun Dance Party - The Colourful Life

(in nme)

Mais um tema estimulante dos "Cajun Dance Party" "The Race", que deixo aqui. O álbum "The Colourful Life" sai a 28 de Abril. E espero que seja mais estimulante do que as mais recentes propostas das terras de sua majestade, porque francamente parece que andam a produzir "meios álbuns".

sexta-feira, 4 de abril de 2008

The Notwist:


"Where in This World" é o tema que marca o regresso dos alemães "The Notwist". o álbum "The Devil, You + Me" tem edição marcada para o final de Maio e sucede a "Neon Golden" (2002).

quinta-feira, 3 de abril de 2008

Ladytron - Black Cat



Eis o 1º avanço para "Velocifero", que sairá a 3 de Junho. O que deixo aqui é apenas a versão audio de "Black Cat".

quarta-feira, 2 de abril de 2008

Introduting the band: Hadouken!


Deixo aqui este tema "Declaration Of War" dos "Hadouken!" que estará disponível para download dia 21 de Abril e chegará às lojas dia 28 de Abril. o álbum "Music For An Accelerated Culture" sai a 5 de Maio. Temos banda? Eles dizem que serão o futuro em " Get smashed gate crash". Será?

terça-feira, 1 de abril de 2008

Introduting the band: The dodos



São de San Francisco, USA, e mostram em "Visiter" uma pequena preciosidade do Folk/Indie/Rock de 2008 - Ano que até ao momento é claramente marcado pela musica electrónica e de dança (para minha tristeza, pois esses álbuns não são assim tão inebriantes). Deixo aqui "fools", do referido álbum.
fools - dir. by Matt Amato